Missão

Produzir e disseminar o conhecimento nos diversos campos do saber, contribuindo para o exercício pleno da cidadania, mediante formação humanística, crítica e reflexiva, preparando profissionais competentes e atualizados para o mundo do trabalho e para a melhoria das condições de vida da sociedade.

Empresa Júnior

A Faculdade de Informática de Ouro Preto do Oeste (FIOURO) implantou a Empresa Júnior denominada Associação Universitária para Desenvolvimento de Estudos Acadêmicos e Formação Profissional – EJUNEOURO sob a gestão de acadêmicos dos Cursos de Administração, Ciências Contábeis e Sistemas de Informação, sob a supervisão e orientação de professores das áreas de formação profissional. A EJUNEOURO está devidamente registrada sob o CNPJ nº 22.307.095/0001-23, com Estatuto registrado e atas averbadas no Cartório de Registro de Imóveis do município de Ouro Preto do Oeste – RO.

A EJUNEOURO é uma associação civil, sem fins lucrativos, com patrimônio e personalidade distintos de seus associados, autônomos, e com prazo de duração indeterminado, com foro e sede na Faculdade de Ouro Preto do Oeste – UNEOURO, em Ouro Preto do Oeste, estado de Rondônia, que se regerá pelo presente Estatuto e pelas disposições legais aplicáveis à organização, respeitando também as disposições transitórias para efeito jurídico, não sendo passível a alteração do seu modo de administração.

Atuará nas áreas dos Cursos de Graduação oferecidos pela Faculdade de Informática de Ouro Preto do Oeste e terá como objetivo:

  • Mediar gratuitamente a relação entre a EJUNEOURO e Empresa Contratante e a relação EJUNEOURO e os Alunos-Estagiários; 
  • Desenvolver estudos para empresas, entidades e a sociedade em geral, nas suas áreas de atuação, sob supervisão de professores especializados no assunto, através de Alunos-Estagiários.
  • Proporcionar a seus associados efetivos as condições necessárias à aplicação prática dos conhecimentos teóricos relativos à área de formação específica; 
  • Elaborar diagnósticos sobre assuntos específicos inseridos em sua área de atuação; 
  • Tomar providência para que seus associados efetivos, como alunos-estagiários, em caráter de treinamento à futura profissão, atuem no mercado de trabalho, sempre com respaldo técnico-profissional competente;
  • Incentivar a capacidade empreendedora do acadêmico, dando a ele uma visão profissional e crítica sobre suas atividades; 
  • Valorizar ainda mais alunos e professores da Faculdade de Ouro Preto do Oeste – UNEOURO no mercado de trabalho e no âmbito acadêmico; e 
  • Desenvolver Estudos de qualidade a empresas, instituições e comunidade em geral.

A EJUNEOURO não deverá congregar alunos com outra finalidade senão as citadas acima, e nem participar de movimentos políticos dentro e fora da Faculdade de Ouro Preto do Oeste UNEOURO, devendo seus diretores e integrantes sempre desempenhar suas atividades com harmonia e respeito a seu Estatuto.

 

Consultoria Organizacional

Análise geral da organização para que se estabeleça um modelo de estrutura mais adequado. 

Este ramo da consultoria empresarial consiste em uma análise geral da estrutura organizacional, para que seja estabelecido o modelo mais eficiente de gestão. Envolve a elaboração de ferramentas que auxiliam a execução e o acompanhamento das atividades da empresa.

Este serviço é indicado para empresas que:

  • Necessitem de uma sistematização dos fluxos e rotinas e de uma padronização das atividades;
  • Tenham funcionários (ou setores) sobrecarregados de atividades;
  • Identifiquem ociosidade de funcionários ou setores;
  • Cuja estrutura interna não acompanhou a velocidade de crescimento da organização.
  • Tenham fluxo de informação ineficiente;
  • Apresentem processos desalinhados com as estratégias da empresa.

 

Consultoria Financeira

Exame apurado da situação financeira da organização e um melhor gerenciamento. A consultoria em finanças permite uma análise aprofundada da situação financeira da organização. Essa consiste no desenvolvimento de ferramentas de controle financeiro e na elaboração de uma estrutura de custos compatível com a realidade da mesma. Estas medidas possibilitam a visualização clara do desempenho da empresa e a determinação das melhores práticas para solucionar as oscilações e evitar a ocorrência de gastos desnecessários.

Este serviço é indicado para empresas que:

  • Desconhecem a sua lucratividade;
  • Apresentam dificuldade no gerenciamento de seus gastos;
  • Desejam construir ferramentas para controle e planejamento de gastos futuros.

 

Consultoria em Gestão de Pessoas

Técnicas e procedimentos para avaliar o desempenho dos colaboradores e analisar o clima da empresa. A Avaliação de Desempenho é um projeto da consultoria que fornece ferramentas que auxiliam os gestores a acompanhar o alcance dos objetivos da empresa através da mensuração do desempenho dos funcionários.

Este serviço é indicado para empresas que:

  • Desejam um sistema que auxilie os gestores a acompanhar o desempenho dos funcionários;
  • Desejam o progresso, constante, de seus funcionários tanto profissional quanto pessoal, através da identificação dos pontos fortes e fracos de cada colaborador;
  • Buscam otimizar o alcance de resultados da empresa por meio da melhoria do desempenho dos funcionários.

 

Consultoria em Marketing

Pesquisas de mercado e estudo exploratórios, elaboração de planos de marketing. O plano de Marketing é um serviço de consultoria que consiste na definição de objetivos para orientar os passos da organização e na criação de táticas, estratégias e planos de ação para direcionar o produto ou serviço ao mercado.

Este serviço é indicado para empresas que:

  • Desejam definir estratégias de atuação no mercado;
  • Querem identificar suas principais ameaças, oportunidades, potencialidades e fraquezas;
  • Desejam obter dados estratégicos sobre o produto e/ou serviço;
  • Desejam posicionar-se competitivamente.

 

DIRETORIA

Diretora Presidente: JACQUELINE CAETANO DE OLIVEIRA SOUZA

Diretor de Marketing: WALLACE KRUGER

Diretora Administrativo Financeiro: CRISTIANE MACEDO DOS SANTOS

Diretor de Projetos e Pesquisas: THARLLEN RENATO COELHO DA SILVA

Diretor de Treinamento e Desenvolvimento: GLEYSSON BATISTA CAMPOS

Avaliação Institucional (CPA)

O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), instituído pela Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, estabeleceu a Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES) como órgão colegiado de supervisão e coordenação do SINAES. Neste contexto foi criada a Comissão Própria de Avaliação (CPA) na instituição, que tem por função coordenar e articular o processo interno de avaliação. O Projeto de Avaliação elaborado pela CPA da UNEOURO teve como referência as diretrizes contidas no documento acima citado e nas demais orientações do SINAES.

A CPA prestará contas de suas atividades aos órgãos colegiados superiores da UNEOURO, apresentando relatórios, pareceres e recomendações com vistas a proporcionar o desenvolvimento institucional pela análise consciente das qualidades, problemas e desafios para o presente e futuro.

Assim, a auto-avaliação possibilitará identificar e avaliar sua atuação perante a comunidade, bem como fornecer indicadores que permitirão a reorganização do processo ensino-aprendizagem na busca de inovações sem perder de vista a função social da educação superior no Brasil.

Desta forma, a UNEOURO não só reconhece a importância de avaliar-se mas assume a auto-avaliação como processo a partir do qual é possível atingir de forma mais eficiente e efetiva o conhecimento de sua dinâmica, de seu modo de inserção na sociedade e do significado de seu trabalho como subsídios contínuos para redirecionar seus programas, projetos e compromissos de forma a reconstruir-se como Instituição de Ensino Superior.

A UNEOURO adota o programa de auto-avaliação institucional como processo absolutamente isento de intenções que não sejam a de avaliar para melhorar. A CPA é composta por quatro professores da IES, dois representantes do corpo técnico-administrativo, dois acadêmicos e dois representantes da sociedade civil.

Concepção de Auto-Avaliação

O SINAES propõe uma avaliação institucional integrada por diversos instrumentos complementares, entre eles a auto-avaliação institucional.

De acordo com as diretrizes para a avaliação das Instituições de Educação Superior, a avaliação institucional é compreendida como a grande impulsionadora de mudanças no processo acadêmico de produção e disseminação de conhecimento, que se concretiza na formação de cidadãos e profissionais e no desenvolvimento das atividades de pesquisa e de extensão.

Dessa forma, o propósito da auto-avaliação da UNEOURO é o de conduzir-se ao aperfeiçoamento constante dos “empreendimentos”, cujos princípios mais importantes capazes de explicar a natureza deste processo, sua necessidade para o desenvolvimento institucional e razão de ser podem ser expressos pelos objetivos de auto-referência, auto-análise e autodesenvolvimento.

Objetivo Geral

Avaliar a UNEOURO a partir de fatores internos e externos visando o aprimoramento das atividades de ensino, pesquisa, pós-graduação, extensão e de gestão, com o propósito de prestar contas à comunidade local do desempenho da IES no que se refere ao cumprimento de sua função social.

Metodologia

A metodologia adotada contempla a técnica do grupo focal, conforme a exposição de Suanno (2002), por possibilitar a realidade institucional, recorrer a indicadores internos e externos, dando ênfase aos indicadores internos, construídos de forma participativa, e por valorizar a analise histórica de outros momentos avaliativos vividos na instituição, permitindo a percepção dos avanços e retrocessos no processo.

Tal metodologia é adotada pela CPA também por ser uma técnica sócio-qualitativa, coletiva, dinâmica e que promove a sinergia entre os membros da equipe analisada e valoriza a palavra dos atores sociais reconhecendo-os como “expert” de sua própria realidade, o que propicia o autodesenvolvimento tanto dos profissionais quanto da IES.

A técnica do grupo focal apresenta-se para a CPA como uma ferramenta extremamente útil e viável por considerar a instituição como um todo, atendendo ao princípio da globalidade e integração de forma associada, o que permite uma visão geral e abrangente da instituição.

Operacionalização da Metodologia

A CPA promoverá os trabalhos de sensibilização em quatro momentos diferentes. Primeiro, junto aos coordenadores de cursos; depois, junto aos professores, com a colaboração dos coordenadores; depois, junto aos funcionários técnico-administrativos, por meio de seminários e grupos de estudos sobre o projeto de auto-avaliação institucional, e, por último, junto aos acadêmicos, com a colaboração de todos os profissionais da IES.

Etapas da Avaliação

  • Sensibilização continuada: Ações destinadas à sensibilização da comunidade universitária.
  • Avaliação Interna: Processo de auto-avaliação da instituição por meio do qual ela identifica as necessidades e redireciona os objetivos e estratégias dos cursos e, em âmbito mais amplo, das políticas e do planejamento institucional.
  • Avaliação Externa: Toma por base o relatório da avaliação interna sob propósito de analisar, validar e/ou indicar ajustes às conclusões do processo de auto-avaliação.
  • Reavaliação: Processo de discussão da comunidade universitária para confrontar os resultados da avaliação interna com os resultados da avaliação externa.
  • Reformulação e Difusão: Relatório final da reavaliação serve de subsidio para um seminário integrado por representantes da comunidade universitária da UNEOURO e avaliadores externos.

NAPS – Núcleo de Apoio Psicopedagógico

O NAPS – Núcleo de Apoio Psicopedagógico da Faculdade UNEOURO, foi criado em 2011, após apresentação de projeto da Psicóloga da Instituição, Leni de Souza Barros e visa contribuir com a excelência da qualidade do ensino, promover, assistir, apoiar, citar e assessorar a comunidade acadêmica nos aspectos pedagógicos e psicológicos, tendo como enfoque a ética, a garantia da cidadania, a promoção do bem estar, a confiança e a auto-estima.

Várias Instituições de Ensino Superior convivem com a heterogeneidade de objetivos e faixas etárias, bem como com uma diversidade cultural e sócio-econômica, o que, muitas vezes, tem gerado altos índices de evasão escolar por diferentes razões e motivos, tais como: precariedade na formação da educação básica; dificuldades em lidar com a vivência em grupo; dificuldades decorrentes da vida moderna; questões financeiras e afetivo-emocionais; dificuldades de aprendizagem, dentre outras.

Desta forma, o Núcleo de Apoio Psicopedagógico é o espaço para o redimensionamento do olhar em relação à complexidade humana que, direta ou indiretamente, envolvem as relações do cotidiano do ensino superior. Assim, prevê ações que remetem à idéia de sujeito integral. Tem como paradigma o homem enquanto um sujeito biopsicossocial e acredita que sua relação com o conhecimento parte de relações saudáveis consigo mesmo, com o outro e com o mundo.

Além disso, visa propor ações com o objetivo de apoiar a comunidade acadêmica nos aspectos psicopedagógico e afetivo, oportunizando a reflexão e o debate acerca das necessidades didático-pedagógicas individuais e coletivas, proporcionando uma evolução na aquisição de competências que visem o aprimoramento tanto pedagógico, intelectual, afetivo e emocional do futuro profissional, o acadêmico.

Também, trata de assuntos conflitantes que podem gerar problemas ou distúrbios pedagógicos no relacionamento entre aluno-aluno, professor-aluno, aluno-instituição e professor-instituição, conjuntamente com a Coordenação de Graduação e pós-graduação, que intermediará problemas na relação professor-professor, professor-aluno e demais funcionários no âmbito da IES. O NAPS também tem por objetivo trabalhar os problemas de aprendizagem que os acadêmicos eventualmente possuam, possibilitando um diagnóstico sobre os principais fatos que podem estar gerando tais dificuldades de modo a propor as intervenções adequadas e necessárias, visando sempre o aprimoramento do desempenho acadêmico.

Acesse o Blog do NAPS e saiba mais. Mensagens e Dicas valiosas.

http://napsuneouro.blogspot.com.br/

Biblioteca Digital

A Biblioteca Digital é um espaço para armazenamento de documentos digitais, permitindo o acesso à distância a periódicos, banco de dados, dicionários, enciclopédias e afins, auxiliando alunos e professores no processo ensino-aprendizagem e nas necessidades e demandas dos usuários.

 

E-Books

No Credo

As Quatro Folhas

 

Base de Dados

EBSCO

Index psi

SciELO

Unibibli

IBICT

INIS

PERIE

LILACS

CAPES

DOMÍNIO PÚBLICO

American Chemical Society – ACS

Agricola (National Agricultural Library)

RENIMA (Rede Nacional de Informações sobre o Meio Ambiente)

Fundação Joaquim Nabuco

FGV Dados

Senado Federal (Legislação Federal)

NUTESES (Teses e Dissertações)

SABER – USP (Teses e Dissertações)

Bibliopac

Biblio Literatura

Portal Tributário

UNESCO

SBU UNICAMP

 

Revistas Eletrônicas

Contabilidade Vista & Revista

Problemas Brasileiros

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

Revista Engenharia Ambiental (Pesquisa e Tecnologia)

Revista de Geologia

Psicologia: Ciência e Profissão

Educação e Contemporaneidade

Revista Brasileira de Biociências

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 

Revista Construção Metálica

Revista Habitare

Revista Scientia Florestalis

Revista Online Sociedade Brasileira de Ciência do Solo

Revista Brasileira de História da Educação

Revista Lusófona de Educação

Revista da Faculdade de Educação

Acolhendo a Alfabetização nos Países de Língua Portuguesa

Educação Temática Digital

Revista Adolescência e Saúde

Revista Comunicação e Educação

Atos de Pesquisa em Educação

Revista Educação e Tecnologia

Psicopedagogia Online

SEMINA – Ciências Sociais e Humanas

Perspectivas – Revista de Ciências Sociais

Revista de Contabilidade e Organizações (USP)

Revista Contabilidade e Finanças

Caderno de Estudos

Centro de Orientação Fiscal

Fiscosoft

IOB 

Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade

Revista de Administração e Inovação (USP)

Revista de Gestão

Revista de Administração

Revista de Administração de Empresas (FGV)

Revista de Administração de Empresas

Revista de Administração Contemporânea

Organização e Sociedade

Revista Eletrônica de Administração

Brazilian Business Review – BBR

Cadernos EBAPE.BR (FGV)

Revista Base (UNISINOS)

Revista de Administração Pública

 

Periódicos Letras e Linguística

Cataphora – Periódicos Letras e Linguística

REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão

Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

Lettres Françaises

Cadernos de Semiótica Aplicada

Alfa Revista de Linguística

Itinerários – Revista de Literatura

Letras de Hoje

Revista Letras

Bakhtiniana – Revista de Estudos do Discurso

Estudos da Língua(gem)

Revista Linguagem e Ensino

Eutomia – Revista de Literatura e Linguística

Revistas Brasileiras da Área de Letras e Linguística

Revistas da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Revista da Academia Brasileira de Letras

Revista Brasileira de Letras

Revista Brasileira de Linguística Aplicada

 

Engenharias

Acta Scientiarum Technology

Cadernos de Engenharia de Estruturas (Escola de Engenharia de São Carlos da USP)

Civil and Enviromental Engineering AT MIT

Construção Metálica

Engenharia e Arquitetura

Journal of Urban and Environmental Engineering : JUEE

REM: Revista da Escola de Minas

SEMINA: Ciências Exatas e Tecnológicas

Soldagem & Inspeção

Ambiente e Sociedade

Ambiente Construído

Biotaneotropica

Revista Cerne

Desenvolvimento e Meio Ambiente

Novos Cadernos NAEA

Pesquisa Florestal Brasileira

REMEA – Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

 

Periódicos e Base de Dados Engenharia Civil

Areia e Brita

Brasil Mineral

Cement and Concrete Composites

Ciência & Engenharia

Constructii

Constructii Journal

Eletronic Journal of Structural Engineeering

Informes de la Construcción

Journal of Lean Systems

Journal of the Brazilian Society of Mechanical Sciences and Engineering

Journal of Urban and Environmental Engineering (JUEE)

Materiales de Construcción

Pesquisa Operacional

REEC – Revista Eletrônica de Engenharia Civil

Rem: Revista Escola de Minas

Revista CIATEC-UPF

Revista Ciência e Tecnologia (RCT)

Revista de Ciência e Tecnologia

Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – GeAS

Revista de Produção e Engenharia

Revista Eletrônica Produção e Engenharia

Revista Mackenzie de Engenharia e Computação

Revista Sulamericana de Engenharia Estrutural

Semina: Ciências Exatas e Tecnológicas

Teoria e Prática na Engenharia Civil

 

Periódicos Enfermagem

Advances in Nursing Science

American journal of Public Health

Journal of Clinical Nursing

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Acta Paulista de Enfermagem (UNIFESP)

Cadernos de Saúde Pública

Revista Brasileira de Enfermagem

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Revista de Saúde Pública

Texto & Contexto Enfermagem

Ciência & Saúde Coletiva

Ciencia y Enfermería

Ciência, Cuidado e Saúde (Online)

Escola Anna Nery

Interface (UNI/UNESP)

Online Brazilian Journal of Nursing

Revista Eletrônica de Enfermagem

Revista Enfermagem UERJ

Revista Gaúcha de Enfermagem

Cogitare Enfermagem (UFPR)

Enfermería Integral

Nursing (São Paulo)

Revista Baiana de Enfermagem

REME. Revista Mineira de Enfermagem

Revista de Rede de Enfermagem do Nordeste

Revista de Enfermagem UFPE On Line

Revista Eletrônica de Enfermagem (REE)

Revista Enfermagem em Foco

Revista Enfermagem UERJ

Acta Paulista de Enfermagem (UNIFESP)

Estação Biblioteca Virtual em Saúde (BVS)

Revista de Enfermagem UFPE On Line

Cadernos de Saúde Pública

Nursing (Portugal) 

 

Periódicos Farmácia

 Revista Brasileira de Farmacognosia

Brazilian Journal de Pharmaceutical Sciences

Cadernos de Saúde Pública

Ciência & Saúde Coletiva

Revista Brasileira de Análises Clínicas

Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

RADIS – Comunicação em Saúde

Revista de Biologia Neotropical

Revista de Patologia Tropical

Química Nova

The Brazilian Journal of Infectious Diseases

Brazilian Journal of Microbiology

Toxicodependências

Vitae

HU Revista

Revista de Pesquisa e Inovação Farmacêutica

BIREME – Biblioteca Virtual em Saúde

Periódicos Eletrônicos em Psicologia

 

Direito

Revistas Jurídicas Brasileiras

https://direitosp.fgv.br/publicacoes/revista/revista-direito-gv

http://www.indexlaw.org/index.php/rdb

https://www.direito.ufmg.br/revista/index.php/revista/index

https://seer.imed.edu.br/index.php/revistadedireito/index

https://portalseer.ufba.br/index.php/RBDA/index

http://revistaeletronicardfd.unibrasil.com.br/index.php/rdfd/index

https://revistades.jur.puc-rio.br/index.php/revistadesrevistades/index.php/revistades/index

http://www.domhelder.edu.br/revista/index.php/veredas/index

https://revistajuridica.presidencia.gov.br/index.php/saj/index

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rda/issue/archive

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fadir

http://revistas.unisinos.br/index.php/RECHTD

http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/2778 

http://www.unifia.edu.br/projetoRevista/direitoemfoco.html

http://direitoestadosociedade.jur.puc-rio.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?tpl=home

http://criticadodireito.com.br/

http://www.domhelder.edu.br/revista/index.php/veredas

http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/revistadireito#.VrJIcdIrIrg

http://revistaeletronicardfd.unibrasil.com.br/index.php/rdfd

http://www.revistas.usp.br/rdisan

http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/direitopub

http://revistas.unisinos.br/index.php/RECHTD

http://www.ajuris.org.br/revista-eletronica/

http://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/index.php/prisma

http://siaiap32.univali.br/seer/index.php/nej

http://www.ifch.unicamp.br/criticamarxista/

 

Bibliotecas Virtuais

Domínio Público (MEC)

Núcleo de Bibliotecas Brasileiras (acesso a Bibliotecas de todo o país)

Folhetim

BibliVirt USP

Projeto Versial

Dieese

Prossiga

Universia Brasil

Gutenberg

Portal Filosofia

Google Books

CultVox

Senado Federal

Biblioteca Cristiana

Biblioteca de Direitos Humanos

Biblioteca Digital da UNICAMP

 

Especial

Dicionário de LIBRAS

 

Jornais online

Folha de São Paulo

O Estado de São Paulo

O Globo

Zero Hora

Diário da Amazônia

Folha de Rondônia

O Estadão do Norte

Informações Gerais

Localizada no bloco A, a Biblioteca da UNEOURO foi instalada em maio de 2005 com o início do curso de Sistemas de Informação e tem por finalidade fornecer à comunidade acadêmica apoio bibliográfico e suporte informacional necessários ao desenvolvimento dos programas de ensino, pesquisa e extensão.

Objetivos da Biblioteca

  • Constituem-se seus objetivos proporcionar serviços bibliotecários e de informação à comunidade universitária, de modo a contribuir para o desenvolvimento dos programas de ensino, pesquisa e extensão;
  • reunir, organizar, manter e divulgar a produção intelectual da UNEOURO;
  • catalogar as publicações adquiridas por meio de compras, assinaturas ou doações e disponibilizá-las para consulta nas estantes;
  • prestar atendimento e orientações técnicas aos usuários;
  • disponibilizar aos usuários materiais de consulta bibliográfica por meio de obras de seu acervo ou aquelas recebidas por intercâmbio com outras bibliotecas.

Acervo

O acervo possui atualmente 4.362 volumes composto por livros, periódicos e revistas especializadas, fitas de vídeo (VHS), cd-rom, jornais, mapas, obras especiais, obras de referência, processos transitados em julgado e arquivado nas áreas penal e civil. A Instituição mantém assinaturas correntes de periódicos de diversas áreas.

Informatização do acervo

Todo o acervo da Biblioteca e serviço de catalogação estão informatizados com possibilidade de consulta, reserva e renovação de empréstimos por meio de microcomputadores na IES ou de qualquer outro que tenha acesso à Internet.

Terminais de consulta ao acervo e à internet

Estão disponibilizados na Biblioteca 04 terminais, sendo para consulta ao Acervo e Internet.

Usuários

São todos aqueles que fazem uso do acervo, dos recursos ou dos serviços disponíveis na Biblioteca, dividindo-se em:

  • Grupo 1: Alunos de Graduação, Pós-Graduação e Extensão;
  • Grupo 2: Professores;
  • Grupo 3: Servidores Técnicos e Administrativos;
  • Grupo 4: Membros da comunidade externa.

Atendimento ao usuário e acesso ao acervo

O atendimento ao usuário será feito no balcão de atendimento por ordem de chegada à Biblioteca. O acesso ao acervo é livre e conta com funcionários para prestar as informações necessárias aos usuários quanto à procura de obras no sistema, localização nas estantes e outros serviços.

Empréstimo domiciliar

O empréstimo domiciliar das obras catalogadas é permitido somente aos usuários dos grupos 1, 2 e 3 em situação regular. As obras do acervo são disponibilizadas também à comunidade e estudantes de escolas públicas e privadas para consulta local.

Horário de funcionamento

De segunda à sexta-feira, das 13h às 17h e das 18h30min às 22h45min, e nos sábados letivos.

Apoio ao acadêmico

Presta apoio aos alunos quanto à normatização dos trabalhos acadêmicos e ficha catalográfica dos mesmos e orientação para utilização de normas técnicas (ABNT). Além de estar disponível manual da IES de orientação para a confecção e apresentação de trabalhos científicos, disponibiliza as normas atuais da ABNT para consulta pelos alunos.

Instalações para estudos

No espaço físico da Biblioteca há gabinetes para estudos individuais, gabinetes para estudos coletivos e sala de leitura.

Política de expansão e atualização

A Biblioteca tem definida uma política de expansão e de atualização de seu acervo para atender de modo satisfatório a demanda ocasionada pelo aumento de usuários. Por isso, a aquisição de livros leva em consideração a indicação de docentes, procura pelos discentes, indicação dos coordenadores de cursos, compatibilidade do acervo com o conteúdo das disciplinas e reposição devido a danos.

Com base nesses critérios de aquisição e de acordo com o plano de expansão da Biblioteca, há a previsão de compras anuais estabelecidas pelo planejamento econômico-financeiro da Instituição por meio de recursos do FAB – Fundo de Apoio à Biblioteca.

Os periódicos são adquiridos por assinatura, intercâmbio ou doação de diversas universidades e faculdades brasileiras, prevalecendo as assinaturas.

 

Central do Aluno

Informações Acadêmicas e Financeiras

Acesse o sistema de informações acadêmicas e financeiras entrando com seu número de matrícula e senha clicando no link abaixo. Para acessar a ferramenta, os “cookies” devem estar habilitados em seu navegador.

 

Em caso de problemas para o acesso, procure a Secretaria da IES.

Complemente sua formação acadêmica

Qualifique ainda mais sua formação acadêmica e profissional com Cursos de Especialização (Pós-Graduação) , Cursos de extensão de curta duração e Cursos de certificação adicional. São várias opções de para a valorização de seu currículo. Informe-se na instituição.

Participe da comunidade universitária nas redes sociais

A UNEOURO dispõe de diversas formas de interação on-line com a comunidade universitária. Acesse nossos perfis nas redes sociais e contribua com sua opinião, compartilhe suas experiências… viva esse mundo.

Clique aqui para acessar o a Central do Aluno

Central do Professor

Diário Eletrônico

Acesse o sistema de informações acadêmicas (Diário Eletrônico) entrando com seu código e senha clicando no link abaixo. Para acessar a ferramenta, os “cookies” devem estar habilitados em seu navegador.

Em caso de problemas para o acesso, procure a Secretaria da IES.

Participe da comunidade universitária nas redes sociais

A UNEOURO dispõe de diversas formas de interação on-line com a comunidade universitária. Acesse nossos perfis nas redes sociais e contribua com sua opinião, compartilhe suas experiências… viva esse mundo.