Com o objetivo de oferecer condições de acesso a Universidade e aos cursos profissionais por meio do Exame Nacional do Ensino Médio, o Centro de Educação de Jovens e Adultos Professor Antônio de Almeida de Ouro Preto do Oeste, deu inicio, no ultimo dia 20, ao Projeto Conexão Terceirão, com o objetivo de fazer, por meio de parcerias, a conexão do ensino médio oferecido pelo CEEJA para o ensino superior.

A ideia de oferecer aulas extras surgiu por meio de apontamentos e estudos realizados pela equipe gestora da escola com a coordenação pedagógica, reforçando a igualdade de condições aos estudantes e livre concorrência, com os estudantes das escolas regulares, para o ingresso no ensino superior.

“Cremos que é possível oferecer um ensino de qualidade aos nossos estudantes, uma vez que os professores lotados nesta instituição de ensino são especialistas nas áreas em que atuam, além de exercer suas funções de forma competente, eles são compromissados naquilo que fazem” ressalta o idealizador do projeto, Gedivaldo de Andrade Silva, coordenador pedagógico.

Além da UNEOURO, que é parceira no evento, estiveram presentes representantes do governo do estado, da secretaria estadual de educação, da coordenadoria regional de educação e coordenadores dos cursos oferecidos pela a faculdade UNEOURO.

A estudante Dayane Rodrigues conta que vislumbra um futuro profissional. “Não tinha ideia do curso superior que eu gostaria de fazer, agora, por meio do projeto já começo a sonhar com isso sem ter que sair da minha cidade” pontua Dayane Rodrigues.

A Coordenadora Pedagógica da UNEOURO, Verônica Quintana, explica a importância da parceria para a UNEOURO e para o CEEJA. “É do interesse destes alunos dar continuidade aos seus estudos e a UNEOURO possui uma política muito clara de facilitar o acesso ao Ensino Superior. A parceria com o CEEJA vem de encontro à necessidade dos alunos, do CEEJA e da UNEOURO.

O PROJETO – A ação está sendo realizada por meio de aulas expositivas e tem a proposta de unir teoria e práticas de forma contextualizadas em uma grade curricular especial, dividida por área de conhecimento. Será disponibilizado materiais pedagógico e vídeos aulas, por meio do site da instituição gravadas pelos próprios professores e postadas para que os estudantes possam tirar as dúvidas em qualquer lugar pela internet.

A carga horária será gradativamente dobrada ate alcançar todas as turmas do noturno do ensino médio. “É importante que todos os estudantes e professores estejam conscientes da importância do projeto, pois estamos propondo dobrar a carga horária de aulas e conteúdos, ou seja, nos moldes de curso preparatório, gratuito.” Acrescenta a diretora Valdete Ascascibas.

 

Na solenidade esteve presente, representantes do governo do estado, da secretaria estadual de educação, da coordenadoria regional de educação e coordenadores dos cursos oferecidos pela a faculdade Uneouro, os quais apresentaram as possibilidades de ingresso à universidade e ao mercado de trabalho por meio dos programas sociais e dos vestibulares. “Não tinha ideia do curso superior que eu gostaria de fazer, agora, por meio do projeto já começo a sonhar com isso sem ter que sair da minha cidade” pontua a estudante Dayane Rodrigues.