Uma estratégia ousada para sensibilizar os espectadores, formado em sua grande maioria por acadêmicos.

A Coordenadora de Enfermagem da UNEOURO, Professora Flaviane Liberato, conta que tudo foi organizado para que realmente fosse dado a impressão de um acidente. “Era importante passarmos a mensagem da real gravidade que um acidente de trânsito tem. E nada ilustra melhor o trauma do que o mostrar um pouco o desespero que pode ser passar por uma situação dessa”.

Flaviane explica ainda que essa estratégia tem o objetivo de promover uma reflexão entre os acadêmicos. “Nossos alunos são um público que infelizmente está em sua maioria entre a parcela da população mais afetada por acidentes de ônibus, que são os jovens e motociclistas. Por isso, ações criativas devem ser realizadas para conscientizar para que possamos poupar muitas vidas e sofrimento”, explicou a Coordenadora de Enfermagem.

MAIO AMARELO é um movimento que nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.