fbpx

ENFERMAGEM

Duração:  10 semestres

Turno:  Noturno

Vagas:  60

Grau:  Bacharelado

Modalidade:  Presencial

Coordenador:  Flaviane Liberato Ferreira

Autorização MEC Portaria MEC nº 878 de 13/11/2015


O curso de Enfermagem possui suas Diretrizes Curriculares aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) em 13 de julho de 2005 homologadas pelo Ministro da Educação, em 19 de agosto de 2005.A concepção do curso de Enfermagem está em consonância com o Projeto Institucional da UNEOURO, constituindo, dessa forma, uma condição determinante para formar o bacharel em Enfermagem com sólida formação teórica e técnica, além de pleno desenvolvimento de suas habilidades pessoais.A articulação entre o elenco de disciplinas e a interdisciplinaridade se dá através do trabalho coletivo e de equipe e da troca estabelecida entre os docentes do curso, que buscam inter-relacionar os conteúdos de ensino e as práticas em atividades de extensão, ensino e pesquisa, tudo em uma intensa interface com os parceiros e com a garantia tecnológica que oportunize a interatividade entre professores e alunos.Na região na qual se insere a Faculdade percebe-se uma significativa necessidade de mão-de-obra qualificada em diversos setores das diferentes áreas profissionais. Num raio de 150 km a população atendida pela instituição se aproxima dos 300 mil habitantes. Alguns destes municípios apresentam deficiências quanto à qualidade do atendimento a saúde da população, pois falta mão de obra qualificada. 




Entre em contato

uneouro@uneouro.edu.br
Rua Alto Alegre, 494 BairroNovo Horizonte | Ouro Preto do Oeste/RO

Formatura do Curso Técnico em Enfermagem 

Palestra: Violência contra mulher, em parceria com o CREAS e PM. 

Palestra: A importância da interdisciplinaridade e multiprofissionalidade na área da saúde 

Objetivos do Curso

Formar enfermeiros generalistas, qualificados para o exercício da enfermagem, através de uma perspectiva humanística, crítica e reflexiva, pautado em princípios ético-político-filosóficos, capazes de atuar nas áreas de promoção da saúde, prevenção de doenças, no tratamento e reabilitação no processo saúde-doença do ser humano, da família e da comunidade, compromissado com o continuo crescimento pessoal e social, na busca de uma melhor qualidade de vida.

  1. Oportunizar ao acadêmico o desenvolvimento de habilidades e competências relativas a relacionamento interpessoal, comunicação, liderança e tomada de decisão no processo de cuidado e gerenciamento de serviços de saúde e enfermagem. • Possibilitar ao acadêmico condições de desenvolver habilidades e competências técnico-científicas, ético-políticas e socioeducativas com o objetivo de prestar o cuidado de enfermagem inerente ao exercício da profissão. • Proporcionar ao acadêmico, a compreensão da política de saúde no contexto das políticas sociais na região e no país, possibilitando o reconhecimento dos perfil epidemiológicos da população. • Oportunizar ao acadêmico o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias a identificação de determinantes do processo saúde-doença na coletividade, colaborando na elaboração e efetivação das ações de saúde. • Instrumentalizar o acadêmico para a intervenção na prevenção de danos e promoção e reabilitação da saúde dos indivíduos, famílias e comunidades. • Instrumentalizar os acadêmicos a fim de desenvolver uma práxis multiprofissional considerando os princípios e diretrizes das políticas públicas de educação e saúde. • Instrumentalizar e incentivar o acadêmico para o desenvolvimento de pesquisa na área de saúde e educação, oriundos da integração ensino-pesquisa e extensão. • Estimular a busca de novos paradigmas, desenvolvendo a investigação cientifica no campo de atuação da enfermagem. • Capacitar o acadêmico para atuar nos programas de assistência integral à saúde da criança, do adolescente, da mulher, do adulto e do idoso. • Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes técnico-pedagógicas essenciais para o exercício de atividades de educação em saúde. • Despertar e desenvolver a sensibilidade, a ética, a moral, a competência e o compromisso para as questões humanas nos vários segmentos da sociedade no processo de cuidar em enfermagem. • Propiciar a formação pedagógica com vistas à possibilidade de docência em áreas de ensino e saúde.