7ª edição do UNEOURO em Movimento recebe a comunidade

A Faculdade UNEOURO, por meio do seu corpo acadêmico e docente, realizou neste sábado (23) a 7ª edição do UNEOURO em Movimento, que contou com diversas ações promovidas pelos acadêmicos em prol da comunidade.

Dentre as atividades desenvolvidas ao longo da tarde, estiveram exames preventivos, glicemia, bioimpedância, tipagem sanguínea, Aferição de pressão arterial; Cortes de cabelo feminino e hidratação; Orientações sobre Obesidade, Diabetes, Hipertensão, Depressão, Drogas, Prevenção ao suicídio e Auto Medicação; Elaboração de Currículos e orientações sobre como realizar uma entrevista de emprego; Palestra sobre Orçamento Familiar e Educação Financeira; Educação de Trânsito Infantil; Feira de Artesanatos, Pula Pula, brincadeiras, contação de estórias, fantoches e Orientação Jurídica.

Ao todo foram feitos 315 atendimentos no total, sendo 119 atendimentos por alunos de Farmácia, 153 atendimentos por acadêmicos de Enfermagem e 40 atendimentos pelos cabeleireiros parceiros da Black Out Cosméticos. Mais de 100 crianças da comunidade participaram das atividades de Educação de Trânsito com o Detran, contação de estórias, apresentações e pula pula com professores e alunos da Pedagogia

Verônica Quintana, Coordenadora Pedagógica da UNEOURO e uma das responsáveis pelo projeto, ressaltou a importância de ações práticas em prol da comunidade no qual a instituição está inserida. “Uma instituição de ensino superior tem o dever ético de atuar em prol da sociedade, e a UNEOURO entende que o desenvolvimento acadêmico e científico necessita de ações práticas e imediatas realizadas para que um estado mínimo de bem-estar seja proporcionado à população que não desfruta de totais condições sociais, e neste aspecto, contribuímos para esta parcela da população que esteve presente no UNEOURO em Movimento”, salientou.

A Coordenadora da UNEOURO aproveitou para elogiar a participação de todos os envolvidos. “Nossos acadêmicos estão de parabéns pelo empenho. Assim como nosso corpo de funcionários e professores, que não mediram esforços para que o UNEOURO em Movimento mais uma vez fosse um sucesso”, concluiu Verônica. 

Acadêmicos da UNEOURO realizam ação em prol do Setembro Amarelo

Nesta segunda-feira (25), Acadêmicos do curso de Enfermagem e Farmácia da UNEOURO realizaram um pit stop temático da campanha Setembro Amarelo com a entrega de panfletos com orientações para a prevenção do suicídio.

O movimento foi realizado na Avenida Daniel Comboni e foi realizado pelas Professoras Flaviane Liberato e Andréia Damascena, por meio da Coordenação de Enfermagem e da Diretoria da UNEOURO.

A Professora Flaviane Liberato explicou que a ação é fruto de uma campanha interna alusiva ao Setembro Amarelo que a Faculdade UNEOURO promoveu no decorrer do mês. “Durante todo o mês foram realizadas uma série de ações de conscientização sobre o problema do suicídio, um problema de saúde pública que sofre com uma série de tabus. E esta resistência que é um problema, porque gera uma desinformação que afeta diversas pessoas com depressão profunda”, observou.

Flaviane ainda ressaltou que o trabalho de conscientização é fundamental para a prevenção. “Existem maneiras de lidar com este problema do suicídio. E é esta informação que nossos acadêmicos levaram hoje para a população de Ouro Preto”, conclui Liberato

Acadêmicos de Engenharia Ambiental da UNEOURO apresentam pesquisa no Acre

Na última sexta-feira (8) foi apresentada na Universidade Federal do Acre, no I FÓRUM DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE NO ENSINO BÁSICO TÉCNICO E TECNOLÓGICO, uma pesquisa científica realizada pelos acadêmicos de Engenharia Ambiental da UNEOURO Gleydson Alves Saiter, Gedeon Moreira de Souza, Daniel de Souza Mendes, Edevandro Tenorio da Silva, Herika Maiza dos Santos Silva, André Luis Morais de Freitas, Welington Assis, Miqueas Silva Amaral, orientados pelo professor Jhonatan Morandi de Oliveira.

Entitulada “Análise físico-química, microbiológica e de toxidade em Allium cepa do Igarapé Ouro Preto, no município de Ouro Preto do Oeste – RO”, a pesquisa foi realizada com o objetivo da avaliar a qualidade da água de um igarapé no município de Ouro Preto do Oeste-RO em relação a possíveis impactos gerados pelo processo de urbanização e a falta de saneamento básico.

As amostras de água foram coletadas no igarapé Ouro Preto no município de Ouro Preto do Oeste-RO e foram encaminhadas ao laboratório da faculdade UNEOURO onde foram feitas análises físico-químicas, microbiológica e de toxidade em Allium cepa.

No desenvolvimento da pesquisa ficou evidente que apesar da normalidade em alguns parâmetros analisados, outros valores demonstram que o igarapé Ouro Preto está com seu equilíbrio ameaçado.

Representando o grupo de pesquisadores, Gleydson Alves Saiter , explicou a que “mesmo com a normalidade do nível de toxidade, o nível de coliformes totais e fecais causam preocupação. Principalmente pelo fato da grande proximidade de residências urbanas ao em torno do igarapé. Demonstrando assim que mais parâmetros devem ser analisados, principalmente devido a complexidade de compostos que provem do esgoto doméstico”, salientou Saiter.

Jhonatan Morandi, biológo e Professor no curso de Engenharia Ambiental da UNEOURO, orientou os acadêmicos no desenvolvimento da pesquisa. “Esta pesquisa é fruto de todo um trabalho desenvolvido seguindo os mais restritos critérios científicos e graças a pertinência do tema e a profundidade da pesquisa, o trabalho foi muito bem recebido no salão acadêmico”, explicou Morandi.

Após a apresentação no evento o resumo expandido foi publicado na Revista Acadêmica da Universidade Federal do Acre – UFAC:

Revista: South American Journal of Basic Education, Technical and Technological

Link da revista: http://revistas.ufac.br/revista/index.php/SAJEBTT/index

Link da publicação: http://revistas.ufac.br/revista/index.php/SAJEBTT/article/view/1311/835

UNEOURO participa do Colóquio de Educação Escolar promovido pela UNIR

Na última semana (30), coordenadores e bibliotecária da Faculdade UNEOURO participam do III COLEE – Colóquio de Educação Escolar, promovido em Porto Velho pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Estiveram presentes representando a UNEOURO, os coordenadores Verônica dos Santos e Alois Andrade, além da Bibliotecária Ednei Alho.

Na programação do evento, o Profº. e Coordenador Alois Andrade foi convidado para ministrar uma Oficina entitulada: “O movie maker como ferramenta pedagógica: estimulando a aprendizagem das crianças”.

O evento foi promovido pelo Grupo de Pesquisa Multidisciplinar e em Educação e Infância (EDUCA) e pelo Grupo de Estudos Interdisciplinares em Educação, História e Memória (MNEMOS) do qual a Faculdade UNEOURO é parceira, tendo a coordenadora pedagógica Profª. Verônica dos Santos, o coordenador de Pós-Graduação e Educação à Distância prof. Alois Andrade e a Bibliotecária da Instituição Ednei Alho, participado da terceira edição do Colóquio de Educação Escolar.

Com uma programação diversificado, o evento estava apresentou ainda resultados de pesquisas relacionadas a várias temáticas.

Missão

Produzir e disseminar o conhecimento nos diversos campos do saber, contribuindo para o exercício pleno da cidadania, mediante formação humanística, crítica e reflexiva, preparando profissionais competentes e atualizados para o mundo do trabalho e para a melhoria das condições de vida da sociedade.