Acadêmicos de Engenharia Ambiental da UNEOURO realizam visita ao Lixão Municipal

No último domingo (19), os acadêmicos de Engenharia Ambiental da UNEOURO participaram de Aula Prática no Lixão Municipal de Ouro Preto do Oeste, sob a Orientação do professor Jhonatan Morandi.

Além de conhecer a atual situação do lixão do município de Ouro Preto, a visita também teve o objetivo de conhecer as características das possibilidades de contaminação do solo e água no lençol freático, Identificação do chorume como fonte contaminante de solo e água e as características geográficas que favorecem e desfavorecem a construção de um aterro sanitário.

O Professor explicou que os temas abordados são complementações didáticas na disciplina de Educação Ambiental. “Devido sua característica interdisciplinar vários temas e assuntos podem ser abordados para uma melhor discussão da temática Educação Ambiental. Para os acadêmicos que serão futuros engenheiros ambientais, esta experiência é uma base fundamental para a formação acadêmica e profissional”, arremata Morandi.

 

 

UNEOURO participa de lançamento de projeto do CEEJA

Com o objetivo de oferecer condições de acesso a Universidade e aos cursos profissionais por meio do Exame Nacional do Ensino Médio, o Centro de Educação de Jovens e Adultos Professor Antônio de Almeida de Ouro Preto do Oeste, deu inicio, no ultimo dia 20, ao Projeto Conexão Terceirão, com o objetivo de fazer, por meio de parcerias, a conexão do ensino médio oferecido pelo CEEJA para o ensino superior.

A ideia de oferecer aulas extras surgiu por meio de apontamentos e estudos realizados pela equipe gestora da escola com a coordenação pedagógica, reforçando a igualdade de condições aos estudantes e livre concorrência, com os estudantes das escolas regulares, para o ingresso no ensino superior.

“Cremos que é possível oferecer um ensino de qualidade aos nossos estudantes, uma vez que os professores lotados nesta instituição de ensino são especialistas nas áreas em que atuam, além de exercer suas funções de forma competente, eles são compromissados naquilo que fazem” ressalta o idealizador do projeto, Gedivaldo de Andrade Silva, coordenador pedagógico.

Além da UNEOURO, que é parceira no evento, estiveram presentes representantes do governo do estado, da secretaria estadual de educação, da coordenadoria regional de educação e coordenadores dos cursos oferecidos pela a faculdade UNEOURO.

A estudante Dayane Rodrigues conta que vislumbra um futuro profissional. “Não tinha ideia do curso superior que eu gostaria de fazer, agora, por meio do projeto já começo a sonhar com isso sem ter que sair da minha cidade” pontua Dayane Rodrigues.

A Coordenadora Pedagógica da UNEOURO, Verônica Quintana, explica a importância da parceria para a UNEOURO e para o CEEJA. “É do interesse destes alunos dar continuidade aos seus estudos e a UNEOURO possui uma política muito clara de facilitar o acesso ao Ensino Superior. A parceria com o CEEJA vem de encontro à necessidade dos alunos, do CEEJA e da UNEOURO.

O PROJETO – A ação está sendo realizada por meio de aulas expositivas e tem a proposta de unir teoria e práticas de forma contextualizadas em uma grade curricular especial, dividida por área de conhecimento. Será disponibilizado materiais pedagógico e vídeos aulas, por meio do site da instituição gravadas pelos próprios professores e postadas para que os estudantes possam tirar as dúvidas em qualquer lugar pela internet.

A carga horária será gradativamente dobrada ate alcançar todas as turmas do noturno do ensino médio. “É importante que todos os estudantes e professores estejam conscientes da importância do projeto, pois estamos propondo dobrar a carga horária de aulas e conteúdos, ou seja, nos moldes de curso preparatório, gratuito.” Acrescenta a diretora Valdete Ascascibas.

 

Na solenidade esteve presente, representantes do governo do estado, da secretaria estadual de educação, da coordenadoria regional de educação e coordenadores dos cursos oferecidos pela a faculdade Uneouro, os quais apresentaram as possibilidades de ingresso à universidade e ao mercado de trabalho por meio dos programas sociais e dos vestibulares. “Não tinha ideia do curso superior que eu gostaria de fazer, agora, por meio do projeto já começo a sonhar com isso sem ter que sair da minha cidade” pontua a estudante Dayane Rodrigues. 

Alunos do Colégio UNEOURO recebem carteiro para atividade de produção de texto

A Professora de Língua Portuguesa, Edhiany Stabenow Gil, e os alunos da 3º série do Ensino Fundamental do Colégio UNEOURO receberam na última sexta-feira (17) o carteiro Antônio Lima Pereira para a atividade de elaboração de cartas.

Segundo a professora de Língua Portuguesa do Colégio UNEOURO, o objetivo da visita foi trabalhar com os alunos os gêneros textuais, dando ênfase na carta enquanto objeto de estudo.

“Temos trabalhado com nossos alunos os diversos tipos de textos, e a carta possui um grande apelo lúdico, o que torna este gênero importantíssimo para despertar o interesse dos alunos para a produção textual”, explicou Edhiany.

A visita contou com um momento de perguntas e respostas entre os alunos e o convidado, além da contextualização do conteúdo pela professora de Português da turma.

Hospital Mater Dei disponibiliza ambulância UTI para aula prática do Curso Técnico de Enfermagem

Na última sexta-feira, as alunos do curso Técnico de Enfermagem tiveram uma aula prática na UTI móvel do Hospital Mater Dei no estacionamento da Faculdade UNEOURO. A aula faz parte da matriz curricular do curso com a disciplina “Assistência Intensiva e Enfermagem Clínica e Cirúrgica”.

A enfermeira e professora Mariana Stopassoli Lobo, acompanhou os alunos durante a aula prática, orientando e esclarecendo sobre os equipamentos, funcionamento e transporte da ambulância UTI adulto e neonatal.

Mariana enalteceu a parceria com o Hospital Mater Dei e frisou a importância de atividades como as desenvolvidas na ambulância. “É extremamente positivo para nossos alunos que tenham experiência com uma unidade como esta, para conhecerem na prática um equipamento tão bem equipado como o que nos foi cedido”, afirmou.

A Coordenadora do curso Técnico em Enfermagem da Uneouro, professora Wanderlucia Dantas, explica que os alunos tiveram oportunidade de presenciar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula. “Eles têm agora a chance de viverem a prática e compreenderem a importância desse conhecimento para agregar valores para suas carreiras, através desta parceria entre o Hospital Master Dei e a Faculdade UNEOURO, enfatizou a enfermeira e Coordenadora do Curso.

Wanderlucia agradeceu a parceria com o Hospital Mater Dei. “Em nome da Faculdade UNEOURO, agradecemos imensamente ao Diretor do Hospital Mater Dei, Dr. Serafim Lopes Godinho pela liberação da ambulância, do motorista e da enfermeira Flaviane por proporcionar esse evento e também pelo apoio incondicional a esta instituição”, finalizou.

A AMBULÂNCIA – O Hospital Mater Dei conta com uma equipe experiente em transporte terrestre intensivo. A remoção de um paciente pela ambulância do Mater Dei é uma operação ágil e cuidadosa, que segue padrões de qualidade e eficiência, garantindo o máximo de rapidez, segurança e conforto, monitorando integralmente o paciente — do hospital de origem até a sua recepção no hospital de destino. Disponível todos os dias, 24 horas, relata a enfermeira do hospital e também professora do curso Técnico, Flaviane Liberato. 

Alunas da UNEOURO realizam manifestação no Dia da Mulher

Acadêmicas do 3º Período de Enfermagem da UNEOURO, realizaram na noite de ontem (8, Dia da Mulher), uma manifestação com cartazes alertando para a necessidade de se utilizar a data para a reflexão quanto à necessidade – ainda urgente – de que a Sociedade no qual vivemos, acima de tudo, trate a mulher com maior respeito às suas individualidades.

Os cartazes exibidos pelas alunas continham frases e dados que atestam os altos índices de violência à mulher, diferenças salariais para mesmos cargos, a banalização do assédio sexual, objetificação da figura feminina em setores fundamentais da sociedade, dentre outros questionamentos.

A acadêmica Jeiéli Laís Borges, idealizadora da intervenção, enfatizou a importância de atos em prol da real igualdade entre os gêneros. “Infelizmente estamos em uma realidade no qual os homens já nascem privilegiados. O Dia da Mulher não deve ser uma data de homenagens se todos os outros dias do ano somos tratadas com desrespeito em nossos empregos, em festas, em discussões relacionadas à nossa saúde. Nosso propósito é trazer a tona os graves problemas sociais que atingem a população feminina”, alertou.

 

Jeiéli conta também que se surpreendeu com a adesão das colegas ao propor a idéia da ação. “Confesso que não esperava que mais gente abraçasse esta intervenção e já valeu a pena pela adesão de mais meninas da Uneouro. Nosso movimento é legítimo e já fez diferença”, arrematou a idealizadora da ação.

Alunos do Curso Técnico em Enfermagem da Uneouro prestam atendimento na Copa da Amizade

Alunos do Curso Técnico em Enfermagem da Uneouro, juntamente com uma equipe de técnicas em Enfermagem do Hospital Mater Dei, prestaram assistência médica de primeiros socorros para a segunda edição do Campeonato da Copa da Amizade, realizado em Ouro Preto do Oeste de 25 a 28 de fevereiro, no Ginásio de Esportes Municipal.

Com jogos realizados durante todo o dia, as equipes de primeiro socorros composta pelos alunos da Uneouro, prestaram atendimento aos eventuais casos de lesões em decorrência dos jogos.

Wanderlucia Aires Dantas, Coordenadora do Curso Técnico em Enfermagem, elogiou a participação dos alunos. “Vimos nesses dias um comprometimento por parte dos nossos alunos que é exatamente o que nós professores esperamos”, elogiou Wanderlucia.

 A Coordenadora também agradeceu mais uma vez a parceria com a prefeitura. “Estamos sempre presentes em eventos realizados pelo município. É muito bom porque nossos alunos podem ter atividades práticas e prestarmos auxílio à nossa comunidade”, finalizou.

Colégio UNEOURO desenvolve trabalho inédito na Olimpíada Brasileira de Astronáutica

A Professora de Ciências do Colégio UNEOURO, Vania Martins Ribeiro de Marco, desenvolveu um trabalho inédito ao inserir os alunos do ensino fundamental ao terceiro ano durante o 4º ano de participação da institução na Olimpíada Brasileira de Astronáutica (OBA) e Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

OBA e a MOBFOG são eventos abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, sem exigência de número mínimo ou máximo de alunos, os quais devem preferencialmente participar voluntariamente. Podem participar os alunos do primeiro ano do ensino fundamental até alunos do último ano do ensino médio, sendo que da MOBFOG também podem participar alunos do ensino superior.
Os eventos ocorrem totalmente dentro da própria escola, tem uma única fase e é realizada toda ela dentro de um só ano letivo, deste modo os certificados e medalhas são recebidos pela escola no mesmo ano letivo.
Ao fim das atividades, todos os alunos recebem um certificado de participação impresso com o seu nome e se ganhou alguma medalha o tipo dela também consta do certificado. E se ganhou medalha, claro, recebe a mesma, a qual em geral é cunhada em metal ou acrílico. Todos os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares recebem os seus certificados. 
“É dever do professor motivar os alunos de maneiras diversificadas para que o sabor da novidade motive a todos. Por isso, a iniciativa de participarmos da Olimpíada Brasileira de Astronáutica cumpre com perfeição esse papel de proporcionar aulas diferenciadas. O Colégio Uneouro nunca perdeu essa oportunidade de envolver a incentivar os alunos, e é nosso papel pedagógico estar ao lado deles em todos os eventos que forem relevantes, visando sempre fomentar a formação diferenciada. Nos esforçamos sempre para que os nossos alunos sejam futuros profissionais atuantes na comunidade.”, finalizou a Docente.

UNEOURO inicia período letivo 2017

No último dia 13 de fevereiro, a UNEOURO iniciou as atividades do ano letivo para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Farmácia, Pedagogia e Engenharia Civil tendo marcado o período de recesso os investimentos no corpo docente, infraestrutura e Marketing realizados pela instituição.

De acordo com Verônica Quintana, Coordenadora Pedagógica, a UNEOURO possui uma política constante de investimentos e melhorias em diversos aspectos da instituição. “Após um período de férias onde diversos investimentos em corpo docente e infraestrutura foram feitos pela nossa faculdade, os alunos retornaram ao ambiente acadêmico renovado pelo Plano de Descontos Flexível, que foi um sucesso.

Já para o Diretor Geral, Roberto Bertão, “o retorno às aulas é quando o ano, de fato, tem início em 2017. Isso, graças ao trabalho de todos, se mostrou um ano de crescimento justamente em uma crise econômica nacional. Esse clima positivo, com o retorno dos alunos, se amplia e é sempre um prazer para todos nós, alunos, funcionários e professores. Damos as boas-vindas para todos os nossos acadêmicos, calouros e veteranos, e estreitamos cada vez mais os nossos canais de comunicação para a recepção de dúvidas, críticas e sugestões. Que todos tenhamos um ótimo semestre!”, finalizou o Diretor.

Turmas de Pedagogia e Sistemas de Informação da UNEOURO colam grau

Na noite desta quinta-feira (09), os cursos de Pedagogia e Sistemas de Informação da UNEOURO promoveram a cerimônia de Colação de Grau, nas dependências da Igreja Assembleia de Deus em Ouro Preto. No total, 38 acadêmicos conquistaram a formação superior, 11 novos profissionais em Sistemas de Informação e 27 em Pedagogia.

A cerimônia conjunta dos cursos contou com a presença dos acadêmicos, familiares, professores, coordenadores e convidados, tenda a mesa presidida pela Coordenadora Pedagógica, Verônica Quintana. Dois acadêmicos, portadores de necessidades especiais, conquistaram o diploma em suas áreas de atuação: Jhonnatan Pereira Belle, formado em Sistemas de Informação e Guilherme Henrique Bicalho dos Santos, Pedagogo.

“A noite de ontem foi especial para todos nós. Estes acadêmicos agora são profissionais formados e prontos pra contribuírem para a comunidade e, acima de tudo, melhorarão definitivamente suas perspectivas profissionais. Sem dúvida é um momento para confraternizarmos e comemorarmos essa conquista, feita com muito mérito.”, afirmou Ana Flávia Moreira Camargo, Coordenadora do curso de Sistemas de Informação.

Já o Coordenador do curso de Pedagogia, Devanir Aparecido dos Santos, destacou os pontos altos da cerimônia. “Além de ter sido uma ocasião de festa para todos, também temos que lembrar o quanto é especial a conquista do Guilherme e Jhonnatan, que se formaram ontem. Ambos se mostraram excelentes acadêmicos em todo o período em que estiveram conosco e provaram que não há dificuldades que limitem a vontade de aprender. Em nome da UNEOURO, desejo todo o sucesso do mundo para todos. Temos a mais plena convicção de que são, ao todo, 38 novos e brilhantes profissionais que irão contribuir, e muito, para o mercado de trabalho da nossa comunidade.”, finalizou Santos.

Alunos do curso técnico de Enfermagem realizaram visita técnica na FUNASA

A Fundação de Saúde (FUNASA) do município de Ouro Preto (RO) recebeu hoje, 08 de fevereiro, os alunos do curso técnico de Enfermagem da UNEOURO, através de uma visita técnica. A visita, orientada pela Prof.ª Daniele Cristina Ceolin, possibilitou a aplicação dos conceitos técnicos aprendidos em sala de aula.

O Diretor da FUNASA, Carlos Amante, participou da recepção dos alunos e explicou detalhadamente os procedimentos de análise laboratorial e microscópica do agente causador da Malária, utilizando a estrutura de análises da própria entidade. A FUNASA é uma fundação pública vinculada ao Ministério da Saúde, surgindo através do Decreto nº 100, de 16 de abril de 1991, como resultado da fusão de vários segmentos da área de saúde, entre os quais, a Fundação Serviços de Saúde Pública (FSESP) e a Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (SUCAM). A criação da fundação buscou dar continuidade a algumas das ações desenvolvidas por esses órgãos, além de exercer papel relevante na efetivação da reforma sanitária promovida pelo Ministério da Saúde e ter ação decisiva na implementação e ampliação do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Agradecemos imensamente a parceria que a FUNASA proporcionou. Ter a experiência destes profissionais a disposição da formação de nossos alunos, sem dúvida nenhuma, é um enorme diferencial. O trabalho realizado pela FUNASA na pesquisa e combate à malária foi, e ainda é, fundamental para o controle, diagnóstico e tratamento da doença, que ainda hoje é uma das que mais mata em todo mundo, especialmente em países tropicais. Em nome da UNEOURO, agradeço pela imensa simpatia e cordialidade que fomos recebidos pelo Diretor Carlos.”, finalizou Ceolin.